XLIV – I – III EL

Quadragésimo Quarto Dia do Primeiro Ano da Terceira Era Lula

Todes. Não queria me meter nessa discussão. E também não vou mais que isso.

A uma, por uma percepção pessoal, errada ou não, de que há um patrulhamento, palavra aqui tomada no sentido figurado de exigência. Exigência para que seja adotado por todo mundo.

A duas, porque não tenho nada contra, ou sequer a favor, do uso por quem quer que seja. Quer usar? Usa! Não quer, não usa!

A três, entendo que a língua é viva e, portanto, dinâmica, incorporando novas palavras ao longo do tempo, mais ainda nesses tempos de globalização e internet, onde expressões/palavras em inglês, por exemplo, passam a fazer parte do cotidiano das pessoas, ao menos no Brasil. A linguagem dos jovens? Requer um novo dicionário. Gírias? A cada dia surgem dezenas.

Agora a bomba: acho ridículos esses discursos/falas que começam com “a todos, todas e todes os presentes…”. Não vou entrar aqui na questão de que a desinência “o” também representa o gênero neutro em português. Bastaria “a todos os presentes…”. Enfim…

Por outro lado, podemos estar diante não de uma questão de usos da língua, mas de uma questão de respeito. Respeito à pessoa (sim, no singular mesmo). Respeito à dignidade de cada um. Se alguém pede, explicitamente, para que se use o pronome “elu”, deve-se respeitar. É um caso individual, de respeito ao indivíduo com o qual temos interlocução. E isso não é patrulhamento. É um humano não-binário? Ou deveria escrever “é um humane não-binárie? Perfeito. Só o que não pode haver, IMHO, é a exigência de generalização.

Ou, como tem feito alguns no atual governo, o que, a meu ver, não passa de demagogia.

“O gesto neutralizador se refere mais ao palestrante do que a uma possível meta política ou ética de fundo. Ou seja, ela fala mais sobre como eu quero ser visto pelo meu público, como eu desejo ser definido por quem me assiste” (Janja fala “todes” e você?).

Por fim, e ainda bem que já quase em desuso mas ainda visíveis, temos os absolutamente agressivos “x” e “@”. Tipo, “todxs” ou “[email protected]”. Sem comentários.

http://www.escosteguy.net/wp-content/uploads/2023/02/todes.jpghttp://www.escosteguy.net/wp-content/uploads/2023/02/todes-150x150.jpgLuiz Afonso Alencastre EscosteguyO ChatoLinguagem neutra,TodesXLIV - I - III EL Quadragésimo Quarto Dia do Primeiro Ano da Terceira Era Lula Todes. Não queria me meter nessa discussão. E também não vou mais que isso. A uma, por uma percepção pessoal, errada ou não, de que há um patrulhamento, palavra aqui tomada no sentido figurado de exigência....Antes de falar, pense! Antes de pensar, leia!